quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

2013


Mais um ano se inicia, e diferente de muitos, não faço planos, nem metas. Desejo apenas continuidade e saúde.
Saúde para que eu possa continuar á cumprir meus planos e metas estabelecidos nos anos anteriores.
Aprendi em 2012 que cinismo não é bom, mais para lidar com determinadas pessoas, é fundamental. Aprendi á valorizar e respeitar quem merece. E principalmente, aprendi a me valorizar e respeitar! Meus limites, minha paciência, minhas vontades, meus objetos, minhas convicções e valores, afinal de contas á soma de tudo isso, sou eu!
Não adianta com a entrada de um novo ano, criar novas metas, novos rumos. Precisamos organizar e realizar os já planejados. É possível, é alcansável. Basta apenas... por mais clichê que pareça.  
Foco, Força e Fé


E que 2013 seja doce, em todos os sentidos.