sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Mentes limitadas


Em pleno século 21 vemos cada dia mais as pessoas se limitando, fechando suas mentes para alguns assuntos. É triste você sentar e conversa com uma pessoa que já expoem um pensamento pré-concebido sobre determinado assunto que a própria nem se deu ao trabalho de se aprofundar, por puro preconceito, limitação. Seus conceitos são aqueles, e são apenas eles que valem. A pessoa não se abre á novas opiniões, não se permite aprofundar mais na questão, estabelece um ponto de vista, e nele se fixa, sem ao menos conhecer a essencia daquele determinado assunto, livro, filme, etc..
Eu realmente sou o tipo de pessoa que não tenho paciencia para estabelecer uma conversa com pessoas desse genero, é realmente difícil, estressante você iniciar uma convesa com pessoas assim, é desgastante, pois a pessoa não permite que você exponha seus conhecimentos sobre aquele determinado assunto, como você gostaria de expor, não se abre para aceita-lo e só o que conta é sua opinião, seu julgamento, seu argumento, e muitas ainda não satisfeita passam a usar palavras de baixo calão e ofensas pessoais para tentar manter sua opinião forte, inabalada e intocada, prevalecendo apenas ela, como única e certa.
Eu realmente tenho pena de pessoas assim, pois são pessoas com um mundo muito pequeno, muito limitado.
Quando sua mente se fecha, nada entra e nada saí, e apenas os seus conceitos prevalecem, você se torna alguém limitado. Sua mente se torna limitada, fazendo-a permanecer sempre em um único tamanho, em um estado imútavel, não diminui, mais também não cresce. Jamais permita que sua mente chegue á esse ponto, se permita sempre á descobrir, se aprofundar e conhecer coisas novas, assuntos novos e sua real essencia, não se deixe levar por modismo, nem outras mentes limitadas, seja você, e principalemente, seja um ser sempre em constante ânsia de descobertas. Permita-se!


''Quem só acredita no visível tem um mundo muito pequeno.''  
(Caio Fernando Abreu)


"A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original."
(Albert Einstein)

Nenhum comentário:

Postar um comentário